segunda-feira, abril 24, 2006

Energia Eólica

Estou a desenvolver um projecto sobre energias renováveis.
Os meus alunos pretendem fazer um estudo sobre a viabilidade da implementação de um Parque de Energia Eólica na região de Ribamar.
Neste contexto achei interessante aproveitar a ideia para introduzir o gerador eléctrico de corrente alternada aplicando a Lei de Faraday e fazer, assim, uma interligação entre a matéria leccionada no capítulo da Electricidade de C. Físico-Químicas do 9º ano com o projecto a desenvolver.

Para isso, preparei o conjunto de elementos que apresento na foto.
Pretendia com esta experiência proporcionar uma explicação simples da indução electromagnética. Construí um suporte para uma roda dentada, de uma bicicleta, que iria servir de manivela e a cujo eixo fixei um íman. Tentei a partir do meu esforço físico, mover o íman dentro da bobina de espiras, fazendo assim variar o campo magnético através dele.

No entanto todo o meu esforço foi logrado!!!

Por mais que variasse o nº de espiras, a espessura dos fios das espiras, a velocidade de rotação do íman, o meu pseudo "gerador eléctrico" não passou do passo pseudo!!! Não consegui correntes induzidas mensuráveis, pelo menos no meu aparelho de medida!


Se alguém estiver a receber esta mensagem, mando-lhe o meu SOS!!!

Como sou daquelas que não desistem, peço sugestões para alterar o meu gerador eléctrico!!!!




Comments:
Luisa:
Bem-vinda ao mundo da blogosfera! Já estava admirada de ainda não teres publicado nada. Para além de seres uma "barra"nas novas tecnologias és,de facto,uma pessoa muito dinâmica.
Quanto ao teu SOS,nem é preciso me justificar.
Maria dos Anjos
 
Olá Luisa
Tenho pena mas não te posso ajudar na tua questão específica, no entanto hoje lembrei-me de ti quando recebi o pdf do número da e_ciencia. Tinha um dossier sobre energias renováveis e aqui fica o endereço (espero que funcione):
https://mail.fc.ul.pt/exchweb/bin/redir.asp?URL=http://www.cienciapt.net/revista/20060420enem.pdf

E também vinha a referência a um portal que talvez te interesse (se calhar até já conheces) http://www.energiasrenovaveis.com/
 
E mais uma coisa, há um concurso para jovens que talvez possas desafiar os teus alunos para concorrer. Eles podiam produzir alguma coisa, por exemplo com fotografia, aí em Ribamar com os moinhos da energia eólica por perto não seria difícil fazerem alguma coisa gira. Aqui fica o link http://www.managenergy.net/competition/competition_pt.html
 
Olá Luisa
Finalmente consegui um bocadinho para visitar o teu blog. Já fiz uma ligação directa no meu e por isso vai passar a ser mais fácil.
Quanto à experiência que descreves, de facto só se consegue detectar corrente com um aparelho de medida que consiga medir correntes da ordem dos micro. Só assim eu consegui.
Entretanto, encontrei este site sobre produção de corrente eléctrica http://www.feiradeciencias.com.br/sala12/12_T05.asp que se calhar também conheces, onde numa actividade semelhante, usam um galvanómetro rudimentar construído a partir de uma bússola. Nunca experimentei mas talvez possa ser um bom detector para correntes pequenas.
Bom trabalho
Teresa
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?